Como e por que optar pela desoneração da folha de pagamento?

Reduzir os custos de uma empresa é o sonho de qualquer empreendedor. Tornou-se mais fácil com a desoneração da folha de pagamento.

Dado ao fato de que a folha de pagamento representa o maior custo de uma empresa, por meio de um planejamento tributário eficiente você pode alavancar o seu negócio.

Portanto, é importante os empreendedores conhecerem mais a respeito dos princípios das medidas fiscais, assim como os regimes de encargos sociais adequados para sua organização.

Foi pensando em você empreendedor, que preparamos esse artigo. Ele vai te ajudar a compreender as características desse assunto. Confira!

O que é desoneração da folha de pagamento?

Trata-se de uma medida fiscal criada pelo governo federal com o objetivo de reduzir os encargos sociais de uma organização.

Assim, é possível entusiasmar os empreendedores a investirem em mão obra sem a devida preocupação com os impostos atribuídos sob cada funcionário.

Basicamente, a implementação dessa medida substituiu a contribuição previdenciária paga sob a folha de pagamento, sendo incidida atualmente sobre a receita bruta de sua empresa.

Todas as empresas podem adotar a desoneração de pagamento?

Não. Apenas as empresas no qual faz parte dos setores que aderiram à nova forma tributaria. Observe os setores mais comuns:

  • indústrias;
  • transportes;
  • telecomunicação;
  • construção civil;
  • tecnologia da informação;
  • hotéis;
  • livrarias.

Caso sua empresa faça parte entre os setores citados acima é possível recorrer para adotar esse regime de recolhimento tributário. Mas, é interessante analisar se o regime de desoneração da folha de pagamento é vantajoso para o seu balanço patrimonial.

Quais as alíquotas incidentes sobre cada setor?

A mudança significativa com a implementação dessa medida fiscal imposta pelo governo federal e está associada à quantia cobrada de suas alíquotas.

Setores destinados à produção em série como as indústrias de confecções, mecânicas e de medicamento contam atualmente com sua alíquota de 2,5%.

Empresas do ramo de transporte coletivo possuem uma nova margem de tributação, a cerca de 1,5%. No entanto, outros setores como de construção civil, hotéis e tecnologias da informação possui suas alíquotas estimadas em 4,5%.

Você sabia que há setores onde as alíquotas são de 1%? Pois é, são empresas que produzem alimentos, entre os quais estão enquadrados os peixes, os bovinos, os grãos e os pães.

Como escolher o melhor regime de encargos sociais para uma empresa?

É aconselhável trabalhar em um planejamento contábil eficiente que trará vantagens competitivas ao seu negócio. Desse modo, o empreendedor pode escolher o melhor regime que se adapta a sua empresa, optando pelo pagamento correto de seus encargos sociais.

Quando se trata da desoneração da folha de pagamento, recolher o imposto INSS sobre a receita bruta de sua empresa pode representar um custo maior do que ser recolhido pelo método convencional.

Então, é interessante que você esteja sempre atualizado sobre as mudanças desse método de pagamento de encargos sociais para alavancar o seu negócio.

Agora que você conhece mais sobre desoneração da folha de pagamento, comece a se programar em relação aos custos associados ao escolher esse tipo de recolhimento tributário.

Lembre-se a folha de pagamento representa o maior custo de uma empresa, é preciso ficar atento sobre essa situação contratar um escritório de contabilidade é importante servirá de guia para o seu negócio.

Categorias: C L TDESONERAÇÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *